6 dicas sobre como administrar uma empresa

Tempo de leitura: 5 minutos

Então, quer ser um bom gestor para o seu negócio? Chegou a hora de aprender como administrar uma empresa com seis dicas fundamentais. Confira as ações que devem ser um compromisso do empreendedor no seu dia a dia.

1. Não seja surpreendido por cenários internos ou externos

E, de repente, o dólar disparou, a inflação fugiu do controle, dois colaboradores ficaram doentes ao mesmo tempo, um fornecedor falhou com você, houve uma ruptura de estoque, 20% dos clientes não pagaram em dia, a conta de luz subiu de forma assustadora e você não contava com nada disso.

Em uma empresa, imprevistos também acontecem, mas eles não devem pegá-lo de surpresa. Se você se pergunta como, a resposta é planejamento.

Você não pode interferir nos movimentos do cenário econômico, assim como naquilo tudo que ultrapassa os muros da empresa. Mas pode mudar a forma como se prepara, como tenta evitar e como reage a essas situações.

Em resumo, você precisa saber exatamente o que fazer, ter uma carta na manga, uma estratégia bem definida. É com uma atitude preventiva e não reativa que um administrador contribui positivamente para os resultados do negócio.

2. Dedique-se à gestão financeira

Não há a menor chance de sucesso na administração de uma empresa sem se dedicar ao controle financeiro. Tenha em mente que tudo gira em torno disso na gestão, para o bem ou para o mal.

Quando despesas e receitas são registradas e monitoradas com precisão, o empreendedor tem conhecimento sobre a realidade financeira do negócio, além de subsídios claros para a tomada de decisão.

Caso contrário, além de enfrentar dificuldades de caixa, pode se amparar em resultados enganosos para definir suas ações. Já pensou se comprometer com um financiamento em longo prazo sem considerar a necessidade de contenção de gastos projetada para os próximos meses? Ficaria difícil sobreviver nesse cenário.

3. Saiba lidar com a concorrência

Você não está sozinho no mercado. Conforme a atividade que exerce, inclusive, há uma série de outras empresas disputando o mesmo cliente. Saber administrar um negócio é também entender o que pode e o que não pode fazer como estratégia de enfrentamento da concorrência.

A primeira lição é jamais entrar em guerra de preços. Um gestor competente sabe que esse é um tipo de ação suicida, pois um preço baixo demais simplesmente acaba com sua margem de lucro. E você não abriu uma empresa para fazer caridade, não é mesmo?

A forma mais inteligente de lidar com a concorrência é estudar o mercado, avaliar suas possibilidades e se posicionar com um diferencial competitivo. É preciso buscar algo que o torne único e o coloque em vantagem. E isso vai muito além do preço, já que pode passar pelo atendimento, qualidade dos produtos ou serviços e outras formas de agregar valor ao cliente.

4. Invista na comunicação interna

Todos na empresa precisam falar a mesma língua, sem exceção. Afinal, como administrar uma empresa com conflitos internos, informações desencontradas, ruídos que chegam aos clientes e prejudicam a sua relação com eles? Difícil sobreviver assim, não é mesmo?

O uso de ferramentas de comunicação interna na empresa é capaz de estimular o engajamento das equipes a partir da motivação. Ao despertar no colaborador a real noção sobre o seu papel na empresa, ele se torna mais participativo e mais produtivo, contribuindo, inclusive, para a proposição de soluções focadas na criatividade e inovação.

Se você quer ser um bom administrador, aprenda a ouvir aqueles que trabalham com você. Caso contrário, resultados diferentes daqueles que você gostaria vão acabar aparecendo no seu dia a dia, sobretudo relacionados à imagem da empresa.

5. Alie produtividade e qualidade

Você certamente já ouviu que a produtividade é um dos segredos das empresas de sucesso. Afinal, fazer mais em menos tempo, consumindo menos recursos humanos e materiais, é o cenário ideal para crescer de forma sustentável. Mas a que custo?

É fundamental que o administrador consiga oferecer às equipes um ambiente de qualidade, agradável ao trabalho e ao mesmo tempo estimulante para o desenvolvimento das tarefas.

Em alguns casos, isso implica adotar o trabalho remoto, se a atividade permitir. Em outros, utilizar ferramentas que permitam gerenciar melhor o tempo e tornar a jornada mais produtiva, sem afetar o bem-estar dos colaboradores.

6. Integre processos na empresa

Ainda que a sua empresa seja pequena, não dá para contar com a sorte no dia a dia. É preciso garantir que todas as áreas estejam integradas e alinhadas, mesmo que haja um só responsável por elas e não uma equipe dedicada a cada tarefa.

O melhor exemplo disso está nas vendas. Sempre que um negócio é fechado, envolvendo produto ou serviço, isso gera uma informação ao financeiro. Quando falamos da venda de uma mercadoria, há também um alerta ao estoque. E se isso demandar uma nova compra, o responsável por ela também precisa ser acionado.

A questão a responder é: como garantir que a informação daquela venda transite por todos esses setores de forma eficiente e rápida? Você precisa se valer de um sistema de gestão online, pois ele é capaz de automatizar todo esse processo, garantindo a tranquilidade do administrador.

 

Autor: Vinicius Roveda

Blog ContaAzul

Fonte: https://blog.contaazul.com/como-administrar-uma-empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *