Saiba como pagar menos impostos de forma legal

Tempo de leitura: 4 minutos

Para o empresário brasileiro, todo novo ano traz a vontade de chorar! E não é de emoção, não, é de desespero mesmo! O pagamento de tributos envolve muita complicação: busca por informações de como pagar menos impostos, identificação do regime em que seu negócio se encaixa, atenção às datas etc.

Além disso, você contrata um contador para ajudá-lo a pagar menos impostos e, em vez de auxiliá-lo, o profissional adota procedimentos incorretos e gera maior prejuízo. Tanta burocracia deixa até mesmo o empreendedor honesto tentado a sonegar seus impostos, só por preguiça de entender tudo.

Porém, a sonegação atrapalha a gestão e não é viável, já que pode acarretar consequências, como: multas para a empresa — que variam de 20% a 75% do valor sonegado, mais juros de mora —, condenação criminal dos sócios e penhora de bens. Ninguém quer esse tipo de problema com a justiça, não é mesmo?

Por isso, vamos ajudá-lo! Continue a leitura do post e descubra meios lícitos de pagar menos impostos!

Como pagar menos impostos?

Elabore um planejamento tributário

Em um tempo como o que vivemos, no qual empresas faturam muito pouco, levando a inúmeros fechamentos, o planejamento tributário é ainda mais importante. Como apontado em um estudo divulgado pelo IBGE no final de 2017, em 2015, foram fechadas 713.600 empresas, contra 708.600 que foram abertas.

Um bom planejamento tributário pode ajudar sua organização a gerir melhor o pagamento de impostos, reduzindo sua carga tributária de forma lícita. Isso faz com que sobre mais dinheiro no final do mês, o que é desejável não apenas em recessões econômicas.

Ajuste o enquadramento fiscal

Agora que você já fez seu planejamento tributário, vamos ver em qual regime seu negócio se encaixa — Simples Nacional, Lucro Presumido ou Lucro Real — para fazer o enquadramento fiscal.

É muito importante fazer o correto enquadramento fiscal de acordo com o perfil da sua empresa. Do contrário, você pode pagar mais impostos do que deveria, além de enfrentar mais burocracia na hora de quitá-los.

Evite atrasos nos pagamentos

O atraso no pagamento de tributos gera juros e multa. Além disso, sua empresa pode ser processada. Caso isso ocorra, ela fica impedida de concorrer em licitações e de ter linhas de crédito. Ademais, suas contas bancárias podem ser bloqueadas, seus bens, penhorados, e um dos sócios pode ter que arcar com a dívida.

Como seu interesse é pagar menos impostos, também não desejará ter nenhum desses prejuízos, não é mesmo?

Analise os incentivos fiscais

Você sabia que os incentivos fiscais são benefícios que propiciam isenção, desconto e compensação no pagamento de impostos?

Eles foram criados com o objetivo de levar desenvolvimento econômico à região onde a empresa se encontra e são oferecidos por meio de redução nos impostos. Se sua organização contribui para o desenvolvimento da sua região ou apoia programas sociais, tem direito a incentivos fiscais.

Diminua o pró-labore

O pró-labore (ou salário dos sócios) também está sujeito aos descontos em folha de pagamento – como férias, FGTS, INSS etc.

Procure estipular um pró-labore, pelo menos, isento de Imposto de Renda (IR), pois todos os descontos, juntos, podem levar até 48% do seu salário de sócio. Se você tem esse salário por questão de benefícios previdenciários, seu valor pode ser pago até como salário-mínimo. Assim, diminui o IR incidente sobre ele.

Por outro lado, as retiradas de lucro feitas mensalmente são isentas de IR de pessoa física. Sendo assim, você pode diminuir o pró-labore e aumentar essas retiradas.

No entanto, tenha cuidado: isso só é possível se os lucros estiverem acumulados. Distribuir lucros antecipadamente pode levar a problemas com a Receita Federal.

Considere a divisão da empresa

Outra forma de pagar menos impostos é com a possível divisão da empresa. Se você fabrica e comercializa um produto no mesmo local, considere separar esses dois setores. Assim, é possível que cada um deles opte por seu próprio regime tributário, diminuindo sua carga de impostos.

Com a leitura do post, você descobriu como pagar menos impostos de forma lícita, não é mesmo? Siga as dicas dadas nesta publicação e utilize o dinheiro gasto com tributação desnecessária para outros fins empresariais.

Quer saber qual o melhor regime tributário para sua empresa? Clique aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *